Arquivo mensal: outubro 2009

Psicodrama

Padrão

Registro: agora, sempre que “a Ina tá com rauva”, ela “quer jogar no chão” a pessoa ou coisa que a incomoda.
Pelo menos uma vez por dia, trata-se da mãe.

*

A mãe de um dos coleguinhas se chama Dafne e a Catarina simplesmente ama esse som. Quando eu não estou a caminho do chão, ela começa a me chamar de “Mamãe Dafne” ou diz que quer a Mamãe Dafne, que quer ir para a casa da Mamãe Dafne, que está com saudades da Mamãe Dafne…
Dafne, Dafne, Schmafne. :o)

Anúncios

Denorex

Padrão

No carro, voltando da escola:
– “Filha, adivinha o que tinha no supermercado hoje?”
– “Bicoitinho!”
– “Nããão, muuuito melhor!”
– “Molaaango!”
– “É, isso mesmo, a mamãe comprou!”

Começa a falar sozinha, por cima de mim:
“… molango… blá-blá-blá… paleeeeece, mas NÃO É! É bluuuuebéui!”

Cesariana

Padrão

Saio do banho com platéia quase todo dia.
Hoje, enquanto me enxugava:
– “Ih, quem riscou a mamãe?”
– “Riscou aonde, filha?”
– “A bibi da mamãe, foi a Ina que riscou!”

[Me embaraçando publicamente em nome da preservação da fofura.]