Arquivo da categoria: Just plain cute

Infalibilidade real

Padrão

Agora ela acha o máximo dos máximos arrumar a minha cama enquanto eu escovo os dentes para dormir. É uma árdua tarefa, já que a cama é imensa e a colcha, obviamente, pesada. Ontem eu me esqueci e aproveitei para deixar tudo pronto enquanto ela buscava uma boneca. Quando voltou, ficou indignada:
– “Mas eu te falei que eu ia fazer a surpresa!”
– “Ai, desculpa, filha, eu me distraí…”
– “Não gostei, agora eu nuuuunca mais vou arrumar a sua cama!”
– “Poxa, filha, desculpa, errar é humano…”

Cessa todo choro. Espanto:
– “LEÃO NÃO ERRA?!”

Anúncios

Pantone

Padrão

Tombos e trombadas recentes deixaram as pernas da donzela cheias de manchas roxas. Fui tirar os tênis, ou melhor, o carregamento diário de areia dos pés da estabanada, ela olhou para as pernas e disse:
– “Vou te dizer, estou macotuça hoje, viu?”
– “Macotuça? O que é isso, Catarina?”
– “Macotuça é cheia de machucados.”

A babá gargalhou e me mandou vir postar no blog. Antes, porém, achei melhor perguntar:
– “Escuta, macotuça é com ‘ss’ ou ‘ç’?”
– “É com cê cecília, tchaaaaaaau!”

As bodas do eco

Padrão

No carro, indo para o cinema com a amiguinha do prédio, que vê uma revista com fotos de igrejas e diz:
– “É aqui que eu vou casar!”
– “É mesmo, Lorena? E você já sabe com quem você vai se casar?”
– “Hummmm, com o Lorenzo, da escola!”
– “Lorena e Lorenzo, até combina, né?

A Catarina, que não sabe o que é igreja e mal entendeu o conceito de casamento ainda, não quis perder o bonde:
– “Eu também vou me casar!”
– “Ah, é, filha? E com quem, por acaso?”
– “Com o… Catarenzo!”